fbpx

O S que é quase um RS | Revista Carro

O S que é quase um RS

O S que é quase um RS

Audi S5 Coupé

Para quem gosta de dirigir, a dupla A5 e A7 desponta como a melhor pedida dentro da linha Audi atual. Pegue o S5 que mostramos aqui como exemplo. Tudo já começa na posição de dirigir, muito bem acertada, e graças ao generoso ajuste de altura e de distância  do volante você não demora muito para se acomodar no banco dianteiro esquerdo. Aliás, o “alfaiate” da grife S também acertou em cheio na confecção dos bancos, todos oferecendo ótimo apoio e conforto.

Audi S5 Coupé

Quando ele começa a rodar, a suspensão do S5 merece ser aplaudida de pé. Por meio do Drive Select é possível alternar entre os modos Comfort, Auto (ajuste automático) ou o esportivo Dynamic, mas vale a pena dizer que  o conjunto McPherson na dianteira e multibraço na traseira está tão bem afinado que você pode deixá-lo na configuração mais confortável sem perda nenhuma em dirigibilidade, muito pelo contrário, tendo em mãos um carro que pode ser usado no dia a dia sem inconveniente nenhum. Bom, na verdade desde que você não precise levar alguém no banco traseiro, porque aí complica…

Audi S5 Coupé

Mas vamos a uma das partes que mais interessa em um esportivo. Sob o capô o S5 abriga um 3.0 V6 a gasolina com 333 cv e vai ligado ao câmbio de dupla embreagem e 7 marchas. Como é superalimentado por compressor, agrada no coração deste Audi a linearidade com que ele funciona, sem as hesitações do turbo. Alguns podem achar que falta mais brutalidade em seu comportamento, mas aí é uma questão de ponto de vista. Ao somarmos a tração integral, temos um cupê que exala segurança ao volante. Como se não bastasse, segundo nossos testes ele praticamente empatou na aceleração de 0 a 100 km/h com a geração anterior do RS 5, com tempo na casa dos 5s0.   – Publicidade –

Audi S5 Coupé

Fazendo jus à suspensão, a direção é coerente com a proposta deste Audi: bem rápida e capaz de apontar a dianteira do carro exatamente onde você quer. Sem esforços. A única ressalva é que, com o programa Dynamic acionado, o peso do volante torna-se exagerado. Coisas de quem precisa se autoafirmar, o que, convenhamos, não vem ao caso.

Audi S5 Coupé

Média final: 8,6

O S5 entrega um bom espírito esportivo com a vantagem de também estar apto para o uso diário. Ele é um carro extremamente controlável, mas nem por isso deixa de empolgar ao volante. Sua concepção técnica e mecânica é exemplar. – César Tizo

Seu bolso

Preço (carro testado): R$ 410.400 Desvalorização (1 ano): 12,4%  Garantia……………………………………… 2 anos  Financiamento (taxa mensal): 0,99%  Parcela (50% de entrada + saldo em 36x): R$ 6.905  IPVA (4%)……………………………………… R$ 16.416  1ª revisão (até 15.000 km)………………… R$ 1.670  Versão básica……………….. R$ 360.900 – Publicidade –

 

Nossas medições Aceleração 0-100 km/h     5s0 Retomada 60-120 km/h em Drive     5s6 Frenagem 80 a 0 km/h (m)    24,0 Consumo cidade (km/l)    6,0 Consumo estrada (km/l)    10,7 Ruído a 120 km/h em Drive (dB)    65,1

Dados da fabricante

Motor V6, diant., longit., com compressor; Cilindrada 2.995 cm3; Potência 333 cv a 5.500 rpm; Torque 44,8 mkgf a 2.900 rpm; Câmbio robotizado, dupla embreagem, 7 marchas; Tração integral; Compr. 4,64 m; Larg. 1,85 m; Alt. 1,38 m; Entre-eixos: 2,75 m; Porta -malas 455 l; Peso 1 675 kg.