fbpx

Kit vendido na China descobre a senha de redes Wi-Fi | Tecnoblog

Kit vendido na China descobre a senha de redes Wi Fi

Kit vendido na China descobre a senha de redes Wi Fi

Ninguém precisa ser um especialista para saber que a segurança de redes Wi-Fi não é nada exatamente inquebrável, mas não é qualquer um que de fato tem os meios para fazê-lo. É por isso que na China um novo “gadget” está fazendo sucesso: um dispositivo USB que descobre a senha das conexões Wi-Fi das redondezas.

Esses adaptador Wi-Fi USB são conhecidos como ceng wang ka, que, como todos sabemos, significa algo como “cartão de desvio de rede” em chinês. Eles vêm com um sistema Linux e um software que quebra a segurança da rede. Os kits têm chamado tanta atenção que até mesmo o site de leilões Taobao.com (uma espécie de Mercado Livre chinês) precisou banir as vendas do produto, afinal o ato de quebrar senhas não é visto como a coisa mais legal do mundo.O kit — que é vendido em Pequim por valor equivalente a menos de R$ 50 — é composto por um adaptador USB com uma antena, um CD de drivers e um CD de onde se executa o sistema operacional chamado BackTrack, no qual aplicações tentam obter a senha de uma rede Wi-Fi, esteja ela utilizando o protocolo de segurança WEP ou WPA. Uma vez descoberta a senha, é só voltar para seu sistema operacional habitual e se conectar a rede.

Há anos as fraquezas do protocolo WEP são conhecidas, então não é difícil para a aplicação explorar essas falhas para conseguir a senha. Já no caso do WPA, os dados transmitidos são capturados e, através de um ataque de força bruta, a chave de segurança é eventualmente desvendada.

Um dos kits levou mais de uma hora para quebrar a segurança de uma rede WEP com a chave “sugar” em um teste usando criptografia de 40 bits. Segundo o desenvolvedor do BackTrack, “dependo de diversos fatores, chaves WEP podem ser extraídas em questão de minutos”. O recorde para chaves WEP, segundo ele, é de cerca de 20 segundos. Já no caso de chaves WPA, o ataque de força bruta é bem menos eficiente e pode demorar muito tempo para descobrir a chave. [PCWorld]