fbpx

Mac ou PC: o que os homens mais ricos do mundo escolheram | Tecnoblog

Mac ou PC: o que os homens mais ricos do mundo escolheram

Mac ou PC: o que os homens mais ricos do mundo escolheram

Veja quem é um Mac e quem é um PC entre alguns dos homens mais ricos do mundo.

Um dos mais clássicos duelos no mundo da tecnologia é o do Mac contra o PC (e o Linux contra todos que quiserem cobrar por um sistema operacional, mas isso é outra história…). Numa conversa entre geeks, discutir se é melhor um Mac ou um PC com Windows pode gerar mais polêmica do que se o assunto fosse futebol, religião ou política. Por essa clássica dicotomia do mundo tech, a Forbes resolveu fazer um levantamento entre alguns dos homens mais ricos do mundo para saber qual computador escolheram essas pessoas que podem ter tudo que o dinheiro pode comprar. Vamos então conferir o resultado da apuração:

Carlos Slim Helu

O homem mais rico do mundo atualmente — com patrimônio líquido de US$ 53,5 bilhões — diz que não tem um computador, muito menos usa um. Mas a suspeita é de que ele tenha uma quedinha pela Apple: o magnata mexicano das telecomunicações já foi fotografado dando um MacBook Air de presente à presidente da Argentina, Cristina Kirchner.

Bill Gates

O segundo homem mais rico do mundo — US$ 53 bilhões de patrimônio líquido — é a personificação do Windows PC. Nesse caso não tem nem o que discutir: Bill Gates é um PC e nem John Hodgman lhe rouba esse título.

Lawrence Elllison

Fundador da Oracle e sexto homem mais rico do mundo em 2010 — US$ 28 bilhões de patrimônio líquido — Lawrece “Larry” Ellison não comenta em qual dos dois lados da disputa de sistemas operacionais está, ou pelo menos foi isso que disseram seus representante à Forbes. No entanto, sabe-se que Ellison é amigo íntimo de Steve Jobs, fundador e CEO da Apple. Jobs foi até fotógrafo no casamento de Ellison em 2004 (pois é…), e conhecendo um pouquinho de Steve Jobs, seria um pouco improvável que isso tivesse acontecido se Ellison fosse um usuário de Windows convicto. Não há prova incontestável, mas pela grande proximidade com Jobs, Ellison desempata, marcando o segundo ponto da equipe da maçã.

Steve Ballmer

Do sexto mais rico do mundo, a Forbes segue direto para o 33º. Com US$ 14,5 bilhões de patrimônio líquido, Steve “Developers, developers, developers” Ballmer é um PC convicto. O palestrante mais cheio de energia do mundo já chegou até a ameaçar pisotear o iPhone de um de seus funcionários, imagine se ele usaria um Mac… Jamais! (No máximo ele autografa um, bem em cima da maçã). Steve Ballmer é um PC até a alma: placar 2 x 2.

Mark Zuckerberg

Ele pode ser apenas o 212º mais rico do mundo com seus US$ 4 bilhões, mas o criador do Facebook se destaca por ser o bilionário mais jovem do mundo. Ele já foi fotografado várias vezes utilizando o que aparenta ser um MacBook Pro (algumas dessas fotos, inclusive, vieram a público quando o Facebook alterou sua política de privacidade e até as fotos mais pessoais de seu fundador se tornaram visíveis por todos). Mark Zuckerberg então é mais um bilionário para o time da maçã: 3 x 2.

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook (ao centro, de cinza) é um Mac. Thiago Mobilon, fundador do Tecnoblog (abaixo, de verde), entre idas e vindas entre sistemas operacionais, atualmente é um Mac.

Richard Branson

Quando se tem um patrimônio de US$ 4 bilhões como o fundador do Virgin Group, escolher um sistema operacional apenas pode ser totalmente desnecessário. É por isso que Sir Richard Charles Nicholas Branson tem PCs no trabalho e Macs na ilha particular onde mora, para seu uso pessoal e para a família. Vamos considerar que Branson dá um ponto para cada time então. Sendo assim, o placar dos sistemas preferidos dos bilionários passa a ser: Mac 4 x 3 PC.

Pierre Omidyar

Nosso próximo ricaço, com US$ 5,2 bilhões de patrimônio líquido, pode ser considerado um mac fanboy. O fundador e presidente do eBay ficou encantado com o poder e a beleza dos computadores da Apple. Atualmente ele usa um MacBook Air para trabalhar na sua última start-up, a Peer News, um site de notícias locais no Hawaii.

“A Apple sempre entendeu que para uma ferramenta ser excepcionalmente útil, ela tem que ser tão bonita quanto é poderosa. O MacBook Air me dá o poder que preciso para construir o software para a minha start-up, Peer News. E ele é tão bonito que é um prazer trabalhar por longas horas,” disse Omidyar.

James Jannard

Com US$ 3 bilhões de patrimônio líquido, o fundador da Oakley é “exclusivamente Mac desde 1984”, ano em que foi lançado o primeiro Macintosh. Com o sucesso já garantido no ramo dos óculos-de-sol, Jannard agora investe seu tempo em sua nova empresa, a Red Digital Cinema, que produz câmeras de vídeo de alta definição que são hoje utilizadas por nomes como Peter Jackson e Steven Soderbergh. Resultado parcial: Mac 6 x 3 PC.

Mark Cuban

O dono do time de basquete Dallas Mavericks era um PC… até surgir o Windows Vista em sua vida. Considerando o (na época) novo sistema operacional “um desastre”, ele escreveu no seu blog o post “Once you go Mac” para expressar sua insatisfação com o Vista e contar como resolveu seus problemas — comprando um MacBook. Hoje, porém, Cuban fez as pazes com a Microsoft através do Windows 7: ele tem um desktop HP em casa e usa um MacBook Air como laptop. Mark Cuban, com seus US$ 2 bilhões de patrimônio líquido, é um Mac e um PC ao mesmo tempo, então confere um ponto pra cada sistema: Mac 7 x 4 PC.

Nem todos os bilionários pesquisados, porém, tem um sistema operacional de preferência. Alguns deles preferem não usar sistema operacional algum: eles se dão ao luxo de pagar alguém para lidar com e-mails e o que mais eles precisarem fazer com um computador. Bernard “Bernie” Ecclestone, por exemplo, é um deles. Ele, que é um dos homens mais poderosos da Fórmula 1, se junta a outros — como Stephen Bechtel Jr., dono de uma das maiores empresas de engenharia dos EUA — na preferência por não usar computadores e ponto. Algo que talvez seja difícil de entender pelos apaixonados por tecnologia, mas é a preferência destes bilionários.

E assim termina este levantamento, que, cabe observar, não tem pretensão de ter qualquer representatividade estatística. É curioso notar que o resultado no site da Forbes aparece como “patrocinado pela Microsoft”, ainda que a conclusão que se chegue é a de que, entre os ricaços entrevistados, o Mac faz mais sucesso que o PC com Windows. Talvez seja apenas uma estratégia da companhia de Redmond para reforçar seu argumento de que Macs são caros demais… coisa de bilionário. 😉