fbpx

7 sinais de que as pessoas não entendem o que você diz

7 sinais de que as pessoas não entendem o que você diz

7 sinais de que as pessoas não entendem o que você diz

Speaker! Tudo bem?

saiba mais

O tema da nossa conversa de hoje é importantíssimo: você já se perguntou se as pessoas entendem realmente aquilo que você fala?

A comunicação é algo que demanda um cuidado constante. É necessário, portanto, tratarmos de identificar problemas na forma como nos comunicamos e potencializar a nossa capacidade de nos expressarmos.

Há 7 sinais que emitem o alerta de que você pode não ser tão bem compreendido quanto pensa. Quer saber quais sinais são esses? Siga a leitura!

Foto: Shutterstock

1. As pessoas pedem para você repetir informações

Você termina de dar uma explicação sobre algo e alguém pergunta exatamente sobre aquilo que acabou de dizer. Essa é uma situação comum e se dá, em grande parte das vezes, devido a uma característica dos nossos tempos: a pouca habilidade para ouvir.

Contudo, se isso acontece com você frequentemente, se as pessoas pedem que você repita informações de forma recorrente, pode ser um sinal claro de que sua comunicação está com problemas.

2. Suas falas são mal interpretadas com frequência

“Mas não foi isso que eu quis dizer!”: quantas vezes você usou essa frase na última semana, no último mês? Se a resposta for muitas, é sinal de que precisa rever a maneira como tem se expressado.

Quando a mensagem que emitimos é mal interpretada, isso pode gerar uma série de problemas, tanto no ambiente profissional quanto no pessoal. Se as pessoas não compreendem bem o que falamos, essa situação tende a se repetir.

3. Você evita entrevistas, apresentações ou negociações

Quando passamos por uma experiência ruim, nossa mente guarda a memória da sensação que tivemos e passa a recordá-la como algo negativo. Caso você tenha se saído mal em uma entrevista, é provável que não queira passar por outras.

É interessante destacar, então, que uma das razões pelas quais os profissionais têm uma performance ruim em entrevistas e outras situações de exposição é, justamente, a dificuldade de serem compreendidos, de transmitir sua mensagem claramente.

4. As pessoas não respondem as suas perguntas

Para entender esse tópico, pensemos em uma das redes sociais mais populares atualmente, o Instagram. Se você já usou a ferramenta “caixinha de perguntas”, sabe que é frustrante quando ninguém responde um questionamento que fazemos ali.

Bem, no dia a dia, essa frustração é ainda maior. Fazer uma pergunta em uma reunião, por exemplo, e não ter nenhuma resposta é horrível. Mas isso é muito mais comum do que você pensa e acontece sempre que:

– As pessoas não estão prestando atenção em você

– Você não deixou suficientemente claro para quem direciona a pergunta

– As pessoas não entenderam seus questionamentos

5. Você se sente frustrado depois de uma apresentação

A maneira como você se sente depois de uma situação de exposição de fala é um excelente modo de “medir” a sua comunicação. Geralmente, quando logramos transmitir tudo que queríamos, sentimos bem-estar, alegria.

Caso contrário, se ficou uma sensação de “poderia ter dito aquilo”, “não deveria ter dito isso” ou similares, é um alerta para avaliar se estamos sendo bem compreendidos pela nossa audiência.

Pense um pouco nas suas últimas apresentações, reuniões, lives ou afins: qual foi o seu sentimento depois delas?

6. Você acha difícil reter a atenção das pessoas

Notificações do celular, conversas paralelas, distrações: sim, são muitos os competidores por atenção hoje em dia. Aliás, chamar e reter a atenção das pessoas é um dos principais desafios da comunicação.

Quando não somos bem compreendidos, isto é, quando nossa fala não é facilmente entendida, dificilmente conseguiremos reter a atenção dos demais.

Em muitos casos, as pessoas param de te escutar porque não entendem o que você diz ou sentem que devem fazer um esforço muito grande para compreender a sua fala.

7. Você costuma falar “em rodeios”, sem ir direto ao ponto

Quando notamos que as pessoas não compreenderam o que dissemos, uma das tendências mais comuns é falar ainda mais, tentando explicar o que não ficou tão claro.

Quanto a isso, é fundamental entender que falar muito não é sinônimo de falar bem. O falar bem está muito mais ligado à assertividade do que a quanto você fala, à duração da sua apresentação ou discurso.

Você vivencia algum ou alguns desses 7 sinais? Procure identificá-los no seu dia a dia e encontrar alternativas para superá-los. Conte comigo nessa jornada!

 

Fonte:

https://thespeaker.com.br/as-pessoas-realmente-entendem-o-que-voce-quer-dizer-7-sinais-de-que-sua-fala-nao-e-bem-compreendida/

Veja também:

Arrizo 6, o sedã chinês que conquista pelo conforto

The Speaker

  • separator
  • 0
  • comentários