fbpx

Mulher é demitida por escrever em caixa alta | Tecnoblog

Mulher é demitida por escrever em caixa alta

Mulher é demitida por escrever em caixa alta

Vicki Walker, uma contadora de Auckland, na Nova Zelândia, foi demitida por um motivo bastante incomum: enviar emails “confrontantes” com palavras negritadas, em vermelho e, como se não fosse o suficiente, em caixa alta (com todas as letras em maiúsculas). A demissão aconteceu em dezembro/2007, mas só agora a contadora decidiu falar sobre o assunto.

Uma vez na justiça neo-zelandesa, ela já conseguiu US$ 17 mil de indenização por demissão injusta. Mas não está satisfeita: Walker quer ainda mais em compensações futuras. Ela disse que é uma mulher mulher solteira com uma hipoteca para pagar, e que foi preciso refinanciar o imóvel que habita depois de sofrer a demissão.

A autoridade reguladora das relações de trabalho da Nova Zelândia julgou que Vicki Walker não teve uma demissão justa depois de enviar mensagens para colegas de trabalho com texto em caixa alta, em vermelho e em negrito.

Do outro lado da disputa está a empresa ProCare, que disse à autoridade reguladora que Walker havia causado desarmonia entre os colegas ao enviar mensagens com as características peculiares já citadas nesse texto (para não ficar repetitivo…). De acordo com a empresa, Vicki Walker também teria tentado criar conflito entre os outros funcionários de onde trabalhava.

Vicki Walker afirma que enviou uma mensagem para a equipe dela na qual especificava uma data e hora com palavras em vermelho, negrito e caixa alta para ter certeza que a equipe entenderia o prazo da tarefa.

Vicki Walker e Xuxa Meneghel compartilham do mesmo "jeitinho".

Vicki Walker e Xuxa Meneghel compartilham do mesmo “jeitinho”.

Qual lição nós tiramos dessa história? Que Vicki Walker poderia simplesmente dizer à autoridade reguladora das relações de trabalho da Nova Zelândia que na mensagem ela estava apenas usando o “jeitinho” dela. [The New Zealand Herald]