fbpx

GLA pode ser mexicano | Revista Carro

GLA pode ser mexicano

GLA pode ser mexicano

SUV compacto será lançado em Frankfurt

O Mercedes-Benz GLA, futuro SUV compacto da marca alemã nem foi lançado oficialmente e já está dando o que falar. Nesta terça-feira (3), a agência de notícias Reuters publicou uma nota na qual afirma que o modelo tem grandes chances de ser produzido na nova fábrica da Nissan no México. Assim, o modelo compartilharia a linha de produção com o Infiniti Q30, um crossover do mesmo porte que o Mercedes e que também fará a sua estreia mundial no Salão de Frankfurt, que abre suas portas ao público na semana que vem. A Infiniti, é bom lembrar, é a divisão de carros luxuosos da Nissan.

Essa estratégia permitiria à Mercedes oferecer seu SUV compacto no mercado americano já no segundo semestre do próximo ano (na Europa, ele chegará às lojas ainda no primeiro semestre). Vale lembrar que a empresa japonesa – que faz parte de uma aliança com a Renault – possui um acordo com a Daimler, controladora da Mercedes, para compartilhar plataformas, motores e outros componentes, assinado em 2010.

Infiniti Q30 poderá usar peças compartilhadas com o Mercedes GLA

Já o modelo da Infiniti, por sua vez, poderá ser produzido em dois locais, de acordo com uma fonte ligada à marca japonesa: Sunderland, na Inglaterra, para abastecer o mercado do Velho Continente, e Aguascalientes, no México. “Acredito que o Q30 e o GLA podem usar alguns componentes comuns”, afirmou Christian Bokich, porta-voz da Mercedes-Benz americana. Todavia, ele não confirmou a produção do modelo na América.

Caso se confirme, a notícia pode favorecer o mercado brasileiro, já que os carros trazidos do México não precisam recolher imposto de importação, estando sujeitos apenas a uma cota determinada pelo governo.