fbpx

Teste: New Fiesta 1.5 | Revista Carro

Teste: New Fiesta 1.5

Teste: New Fiesta 1.5

Quando se fala em veículo básico, costumamos pensar imediatamente em acabamento espartano, lista de itens de série escassa e um consumidor com sorriso amarelo. Isso, porém, não ocorre com o Ford New Fiesta 1.5 S, versão de entrada do hatch que chega para reforçar o segmento de compactos no mercado nacional. Por R$ 39.890, ele faz frente aos rivais Citroën C3 1.5 Origine (R$ 39.990) e Peugeot 208 1.5 Active (R$ 39.990).

A vida a bordo do New Fiesta 1.5 S é tranquila: o acabamento é bom, os bancos são confortáveis, a posição de dirigir é agradável e a lista de itens de série contempla ar-condicionado, direção com assistência elétrica, sistema de som My Connection Gen3, travas, espelhos e vidros dianteiros elétricos, além de freios ABS com EBD e airbag duplo. São itens que oferecem o básico para o proprietário desfrutar do veículo com status mais elevado que um popular — o modelo das fotos é a versão SE, que, por R$ 42.590, oferece em adição a versão S rodas de liga leve aro 15” e faróis de neblina.

Na versão de entrada, Fiesta, C3 e 208 se equivalem em itens de série, fazendo com que o Ford largue na frente quanto ao custo-benefício. O seu maior destaque, no entanto, é o acerto mecânico. Na pista de testes, o Ford observou os rivais pelo retrovisor na prova de aceleração de 0 a 100 km/h: cumpriu a tarefa em 11s0, enquanto o Peugeot 208 1.5 8V e Citroën C3 1.5 8V atingiram a mesma velocidade em 13s3 e 12s9, respectivamente. Na hora de parar, o hatch da marca do oval azul viu todos os concorrentes passarem a sua frente, literalmente: precisou de apenas 39,7 m para estancar vindo de 100 km/h (44,3 m obtidos pelo 208 e 43,7 m no C3).

Por outro lado, o Fiesta 1.5 foi mediano nas retomadas, e ligeiramente menos contido no consumo de etanol: realizou média de 7,8 km/l em ciclo urbano e 11,6 km/l em rodovias, enquanto o 208 fez 8,2 km/l e 12,1 km/l, respectivamente, e o C3 obteve as médias de 8,0 km/l e 12,1 km/l.

Na prática, o Fiesta 1.5 S mostrou ser um veículo agradável de conduzir e conviver no dia a dia. A suspensão tem um toque de esportividade, mas não esquece do conforto, a direção é leve e agrada nas manobras, e o design é atraente. Ele deixa a desejar no espaço do banco traseiro, mas é uma observação insuficiente para tirar o brilho que conquistou.

Conclusão

Média Final: 7,0

A Ford exibe uma tática extremamente agressiva com o New Fiesta, e quem ganha com isso é o consumidor. O hatch tem preço competitivo, lista de itens de série ampla e motor com bom desempenho. É uma boa receita para o sucesso. – Márcio Murta

Nossas medições

Aceleração 0-100 km/h: 11s0

Retomada 60-120 km/h: em 4ª 19s2

Frenagem 80 a 0 km/h (m): 25,8

Consumo cidade (km/l): 7,8

Consumo estrada (km/l): 11,6

Ruído a 120 km/h em 5ª (dB): 68,1

Dados da fabricante

Motor 4 cil., diant., transversal, flex; Cilindrada 1.499 cm3; Potência 111 cv a 6.000 (E); Torque 15 kgfm a 4.250 rpm (E); Câmbio manual; Tração Dianteira; Comprimento 3,96 m; Largura 1,72 m; Altura 1,46 m; Entre-eixos: 2,48 m; Porta -malas: 281 l; Peso 1.108 kg