fbpx

Eduardo, Zambelli e Bia votaram pelo perdão às igrejas – O Antagonista

Eduardo, Zambelli e Bia votaram pelo perdão às igrejas   O Antagonista

Eduardo, Zambelli e Bia votaram pelo perdão às igrejas O Antagonista

Eduardo, Zambelli e Bia votaram pelo perdão às igrejas×

Em julho, quando a Câmara fez um malabarismo para, se aproveitando da pandemia da Covid-19, aprovar, sem muito alarde, o perdão às dívidas das igrejas com o Fisco, os bolsonaristas votaram em peso nesse sentido.

Eduardo Bolsonaro, Carla Zambelli e Bia Kicis, por exemplo, votaram “sim” à emenda do filho do R. R. Soares, que havia sido costurada com o próprio presidente e a Receita em reunião 15 dias antes.

O PP de Arthur Lira trabalhou nos bastidores para garantir a votação em separado do trecho que garantiu a anistia.

Leia também:

Em destaque:igrejasFiscoanistiaLeia mais: CENSURA À IMPRENSA: O EXEMPLO QUE VEM DO SUPREMOMais notícias