fbpx

Um importado perto de você | Revista Carro

Um importado perto de você

Um importado perto de você

Possuir um automóvel top de linha, cheio de equipamentos e com desempenho acima da média deve ser o sonho de muita gente. Realizar esse desejo é possível, porém são necessários alguns sacrifícios e muito planejamento. 

Distantes do sonho de adquirir um 0 km, muitos motoristas optam por modelos com alguns anos de fabricação, que têm preços equivalentes aos de veículos médios. Por exemplo, um BMW 328i fabricado em 2000 pode sair quase que pelo mesmo valor de um Chevrolet Agile novo. A diferença? O primeiro vem com airbag, freios com ABS, teto solar, controle de tração, entre outros opcionais.

Para o educador financeiro, Conrado Navarro, a compra é totalmente emocional, o que interfere na avaliação de custo-benefício. É preciso fazer um planejamento antes de assinar o cheque. O principal ponto a ser levado em conta são os gastos extras. “Em um carro de dez anos de uso, qualquer problema pode virar uma dor de cabeça”, diz. “Geralmente as peças são importadas e os mecânicos que mexem no veículo são especialistas. Tudo isso custa caro”. Outra dificuldade: encontrar alguma empresa que aceite fazer o seguro. 

Além disso, existem gastos inerentes a qualquer carro, como impostos, limpeza, estacionamento e seguro. Este, aliás, pode ser bem alto, pois as peças caras irão onerar o reparo em caso de colisão e, consequentemente, o valor da apólice.

“Feitas as ressalvas, se o motorista concluir que não conseguirá arcar com os custos, pode mudar de modelo ou guardar dinheiro para aumentar a entrada”, afirma. “Diminuindo as parcelas, terá mais dinheiro para despesas extras”. Assim, apesar de a compra ser emocional, tudo será feito com o pé no chão.

Para o consultor Rogério Galvão, é possível achar bons modelos premium no mercado. O segredo é garimpar. “Verifique o histórico do carro para evitar surpresas”, ensina. “Veja quantos donos o veículo já teve, quais foram as revisões e se ele apresenta algum problema recorrente”.

Veja alguns exemplos abaixo.

Audi A8

Ano: 2000

Valor Médio: R$ 47.233

Pontos positivos: Apesar da idade, ele mantém o conforto de carros premium, com espaço e desempenho de alto nível.

Pontos negativos: Será duro achar peças para a manutenção. Além disso, se você pensar em revendê-lo, vai sofrer.

BMW 328i

Ano: 2000

Valor Médio: R$ 42.334

Pontos positivos: Desempenho e dinâmica apurada. Tem equipamentos de série ausentes em carros 0 km de R$ 40.000.

Pontos negativos: Impossível fazer um plano de seguros e dificuldade para achar peças de reposição.

Mercedes-Benz C180 K

Ano: 2006

Valor médio: R$ 50.242

Pontos positivos: Vendeu muito bem no Brasil, por isso não é tão raro achar as peças. Também é um carro econômico.

Pontos negativos: Poucos mecânicos têm experiência para mexer no motor com compressor. E o serviço é caro.