fbpx

Ousado e versátil | Revista Carro

Ousado e versátil

Ousado e versátil

Dizer que um MINI tem estilo irreverente e inovador já não é novidade para ninguém. Mesmo assim, chega a ser incrível como a marca inglesa (atualmente controlada pela BMW) consegue surpreender apresentando novos conceitos com carros que seguem o mesmo padrão visual.

É o que ocorre com o Paceman, modelo que está chegando às lojas da marca agora. A fabricante o considera um crossover, já que ele mescla as características de um compacto com as de um todo-terreno e as de um cupê. Mas, na prática, a novidade é a versão 2 portas do Countryman.

Mas não se engane. Apesar de o acesso não ser tão bom para quem viaja atrás, o conforto é excelente, graças às verdadeiras poltronas na traseira do carrinho. Aliás, no Paceman nem há como improvisar a acomodação de um quinto passageiro. Além de os bancos serem individuais, há uma espécie de console central, que impede qualquer tentativa nesse sentido.

Sob o capô, o MINI Paceman conta com o já conhecido motor 1.6 de 4 cilindros e 184 cv, combinado a um câmbio automático de 6 marchas, que garantem um bom desempenho ao modelo. Para acelerar de 0 a 100 km/h, por exemplo, o crossover precisou de apenas 7s7, enquanto a retomada de 60 km/h a 120 km/h foi realizada em tempo ainda menor: 6s8. Para um veículo concebido para enfrentar diversos tipos de piso, e não ser um esportivo, os resultados não poderiam ser melhores. Para se ter ideia, o Paceman foi apenas 0s5 mais lento que o Cooper S (este sim, mais esportivo) na arrancada.

O melhor é que, mesmo com esse desempenho, o Paceman não apresentou um consumo dos piores. Na cidade, sua média foi de 7 km/litro e na estrada, de 12,1 km/litro. Nada mau, mesmo para um modelo movido a gasolina.

E como se trata de um MINI, não podem faltar itens de comodidade a bordo. Arcondicionado automático, computador de bordo, navegador, conexão Bluetooth, controlador de velocidade de cruzeiro, borboletas junto ao volante para trocas manuais das marchas e bancos de couro são alguns dos equipamentos de série. O preço sugerido é de R$ 139.950 e o único opcional disponível é a pintura metálica, por R$ 1.000 adicionais. Para quem deseja um compacto estiloso, essa é a opção.

Conclusão: Média Final: 7,8

Não é preciso se esforçar para gostar de um MINI e o Paceman não é exceção. O carro é muito bom de dirigir, bonito e chama muita atenção por onde passa. Para quem não se importa com as duas portas, é um carro e tanto. –  Wilson Toume

Nossas medições

Aceleração 0-100 km/h 7s7

Retomada 60-120 km/h em Drive 6s8

Frenagem 80 a 0 km/h (m) 24,3

Consumo cidade (km/l) 7,0

Consumo estrada (km/l) 12,1

Ruído a 120 km/h em 5ª (dB) 68,8

Dados da fabricante

Motor 4 cilindros, dianteiro, transversal, gasolina; Cilindrada 1 598 cm3; Potência 184 cv a 5 500 rpm; Torque 24,4 mkgf a 1 500 rpm; Câmbio automático, 6 marchas; Tração dianteira; Comprimento 4,11 m; Largura 1,79 m; Altura 1,52 m; Entre-eixos 2,59 m; Porta -malas 330 l; Peso 1 350 kg