fbpx

Preços dos passeios na Tailândia

Preços dos passeios na Tailândia

Preços dos passeios na Tailândia

Atualizado em 23 de dezembro de 2017

Muitas pessoas me perguntam quanto custam os passeios na Tailândia. Como eu já citei no post O que preciso saber antes de ir para a Tailândia tudo no país pode ser barganhado. E a premissa vale para a compra dos passeios. A Tailândia é um país extremamente preparado para o turismo e recebe milhões de turistas, principalmente europeus.

Em Bangkok, a dica é procurar as agências de turismo da Khao San Road e ruas paralelas. Como a oferta é grande e os passeios iguais, o poder de barganha é maior.

Depois de muita negociação, comprei 1 day tour para o mercado flutuante, a ponte do Rio Kwai e o Tiger Temple por 600 baht.  O passeio para Ayutthaya também custou 600 baht e incluiu almoço. O preço original era 700 baht.  Em Chiang Mai, você pode tentar negociar os preços na guesthouse que estiver hospedado ou procurar uma agência na rua. Como lá não existe uma concentração muito grande de agências em uma única rua como Bangkok, vale dizer que viu mais barato em outro lugar. Fiz dois tours em Chiang Mai – um de templos e o outro da fazenda de orquídea, rafting, passeio de elefantes e tribo das mulheres-girafa. O preço inicial dos 2 passeios era 1.500 baht, mas paguei 1.300 baht pelos dois.  Phuket é um dos lugares mais caros da Tailândia e, na minha opinião, um dos piores e é exatamente lá que é mais difícil barganhar. Em Krabi é possível encontrar passeios, tickets combinados de transporte (joint tickets) e day tours por pelo menos 30% a menos do que o cobrado em Phuket. Por exemplo, vi em Krabi um joint ticket para Koh Tao por 800 baht e em Phuket, esse mesmo ticket custava 1.200 baht. Depois de muita negociação, comprei um joint ticket de Phuket para Koh Tao por 900 baht. Na volta, consegui um joint ticket de Koh Tao para Bangkok por 800 baht. Minha recomendação: se puder, evite Phuket. Em Krabi (Ao Nang), é possível achar passeios para as ilhas próximas por até 500 baht. Tudo varia da temporada (se é alta ou não) e a duração dos passeios.