fbpx

Por que o Buscapé não contabiliza links indexados? | Tecnoblog

Por que o Buscapé não contabiliza links indexados?

Por que o Buscapé não contabiliza links indexados?

logo_buscape_jacotei.jpgHá muito tempo a população blogosférica vem caindo com unhas e dentes em cima do Buscapé. De fato, o programa anda meio necessitado de várias ferramentas, e principalmente, deu algumas mancadas com seus parceiros (e continua dando no caso dos relatórios que nunca funcionam), o que está fazendo o pessoal migrar às massas para o seu concorrente, Jácotei.

Tenho que dizer que sou totalmente a favor das críticas abertas, mas abomino completamente os trollers. Criticar um programa por seu mal funcionamento é uma coisa boa, desde que seguida de sugestões, agora, jogar pedras no mesmo sem ao menos pesquisar sobre o que se está falando já é ignorância.

O grande buzz anti-buscapé, começou assim que o programa enviou uma série de e-mails aos afiliados, comunicando que partindo daquele momento, não estariam mais sendo contabilizados os cliques que viessem através dos sistemas de busca. É óbvio que depois disso, os resultados caíram quase pela metade, mas o que a maioria não sabe, é que essa foi uma prática necessária para proteger o afiliado, sem essa, até mesmo o seu tão almejado concorrente corre sério risco de vida.

Se tem uma coisa que qualquer sistema de busca detesta, é encontrar conteúdo duplicado em um site. Não só detesta, como pune cada um que insiste em não tomar os devidos cuidados para evitar isso.

Ao permitir a indexação de páginas com código de afiliado na url, o website está na verdade criando centenas, milhares de páginas duplicadas! Tente imaginar: quantos afiliados em toda a internet, apontam um link para o Jácotei, Buscapé ou Mercado Livre, buscando pela palavra MP3? É evidente que o resultado dessa busca será absolutamente idêntico em todos os casos, mas cada uma terá uma URL diferente, graças é claro, ao ID do afiliado que estará agregado à mesma.

Cada programa toma sua própria iniciativa para evitar essa catástrofe. O Mercado Livre por exemplo, cria um link de trackeamente gigante, que se encarrega de gravar o ID do afiliado e redirecionar o visitante para a página solicitada. Esta por sua vez possui URL única, pois não contém o ID do afiliado.

O Buscapé começou a bloquear a indexação dessas “urls variáveis com conteúdo igual” somente agora, e fez certo! O único que ainda não tomou providências neste ponto é o Jácotei!

É por isso que a tal “indexação” não deve ser utilizada como vantagem, e muito menos como estratégia de otimização de lucros. O afiliado precisa entender que hora ou outra, o programa se verá obrigado a tomar essa atitude, ou terá seu conteúdo removido dos sistemas de busca. Aqui no TecnoBlog, isso significaria uma queda pelo menos 75% nas visitações, o que obviamente prejudicaria a continuidade do negócio.