fbpx

Premiação VMA, da MTV, deve acontecer normalmente em Nova York em agosto

Premiação VMA, da MTV, deve acontecer normalmente em Nova York em agosto

Premiação VMA, da MTV, deve acontecer normalmente em Nova York em agosto

A cerimônia do Video Music Awards (VMA) da MTV deverá acontecer em Nova York no final de agosto, informou o governador de Nova York, Andrew Cuomo, nesta segunda-feira, marcando a primeira cerimônia de premiação que irá acontecer em um local de eventos desde o início da pandemia do coronavírus.

saiba mais

Queen Latifah participa do Video Music Awards da MTV do ano passado, em  Newark 26/08/2019 REUTERS/Lucas Jackson Queen Latifah participa do Video Music Awards da MTV do ano passado, em Newark 26/08/2019 REUTERS/Lucas Jackson Foto: Reuters

Cuomo, que falou em um briefing à imprensa, não ofereceu detalhes, mas uma apresentação na tela dizia que a premiação marcada para o dia 30 de agosto no Barclays Center, no Brooklyn, seguiria as orientações de Segurança e terá “público limitado ou nenhum”. 

Cerimônias de premiação normalmente contam com vários apresentadores e convidados, um grande público e equipes de palco, e foram limitadas a eventos online ou gravados previamente desde que a pandemia de coronavírus impediu a realização de eventos de teatro, música além de outras apresentações ao vivo em meados de março.

A MTV não respondeu imediatamente a um pedido por comentários, mas disse em maio que estava buscando explorar com o governo e autoridades médicas como seria a realização de uma cerimônia ao vivo do VMA no Brooklyn em agosto. 

A cidade de Nova York foi a área mais atingida pelos casos de coronavírus nos Estados Unidos, mas no momento está em reabertura gradual. 

O VMA tradicionalmente apresenta performances ao vivo das maiores estrelas da música pop, e é um dos maiores eventos no calendário de cerimônias de premiação.

Veja também:

Coronavírus, 6 meses: como a crise engoliu o mundo

Reuters Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

  • separator
  • 0
  • comentários