fbpx

Kindle DX poderia ser vendido por 99 dólares, diz Jeff Bezos | Tecnoblog

Kindle DX poderia ser vendido por 99 dólares, diz Jeff Bezos

Kindle DX poderia ser vendido por 99 dólares, diz Jeff Bezos

Jeff Bezos, CEO da Amazon, disse nessa segunda-feira (15) que considerou aplicar ao Kindle um modelo de negócios semelhante ao da indústria de celulares, mas que optou por cobrar pelo aparelho o que ele de fato custa para ser fabricado.

O leitor de e-books da Amazon é vendido em duas versões: a mais simples, conhecida simplesmente como Kindle, tem tela de 6 polegadas e custa US$ 359, enquanto que a mais cara, chamada de Kindle DX, tem tela de 9,7 polegadas e custa US$ 489.

O executivo afirmou à Wired que a Amazon vende uma enorme quantidade de aparelhos celulares por muito pouco e que tem ciência de que, nesse modelo de negócios, é preciso alguma armadilha que prenda o cliente à empresa. No caso da telefonia, são assinaturas mensais, com contratos de um ou dois anos nos Estados Unidos.

Segundo Bezos, o a versão mais cara do Kindle poderia ser vendida por apenas 99 dólares, mas seria necessário cobrar uma mensalidade de US$ 60 ou mais para ter acesso aos serviços que aparelho oferece. No modelo de negócios escolhido pela Amazon, o Kindle DX custa US$ 489, porém sem custos relativos ao tráfego de dados da rede Whispernet, pela qual os livros são baixados.

A Amazon preferiu manter a venda de leitor de e-books separada da venda dos e-books. Assim, pode oferecer somente o dispositivo ou somente os livros eletrônicos, como já faz com o iPhone OS através de um aplicativo gratuito. [Epicenter]