fbpx

Ex-jogador da Seleção Brasileira de Beach Soccer, Júnior Negão fala dos desafios na gestão do futebol

Ex jogador da Seleção Brasileira de Beach Soccer, Júnior Negão fala dos desafios na gestão do futebol

Ex jogador da Seleção Brasileira de Beach Soccer, Júnior Negão fala dos desafios na gestão do futebol

Hilton Santos. Nas areias de Copacabana e do mundo, todos o conhecem por outro nome: Júnior Negão. Capitão da considerada, por muitos, a melhor seleção de Beach Soccer de todos os tempos, ele também é o segundo maior artilheiro com 319 gols, atrás apenas do Neném (330 gols).

Júnior Negão é dirigente do clube Horizonte, atualmente (Foto: Divulgação) Júnior Negão é dirigente do clube Horizonte, atualmente (Foto: Divulgação) Foto: Lance!

saiba mais

Dentro de quadra, o defensor jogou com inúmeros craques, como Zico, Júnior, Cláudio Adão, Benjamin, Paulo Sérgio, Edinho, Jorginho, Magal, Neném, entre tantos outros que marcaram uma trajetória vitoriosa e encantaram o mundo com suas jogadas plásticas e objetivas. A experiência e liderança em campo ajudaram na transição do ex-jogador para outra área: a de a gestor de futebol.

– Quando parei de jogar montei o projeto do Vasco no Beach Soccer, onde o Cruzmaltino foi campeão do mundo, diversas vezes campeão brasileiro e três vezes da Libertadores. Também fui coordenador e técnico da Seleção Brasileira de Beach Soccer – afirmou.

Junior Negão atualmente é dirigente do clube Horizonte, que disputou a primeira divisão do campeonato cearense neste ano. Além disso, o ídolo das areias abraçou as redes sociais como ferramenta de compartilhamento de ideias sobre futebol, criando um canal no YouTube e Instagram para falar sobre o esporte.

– É um desafio muito grande. É a primeira vez que estou atuando como gestor no campo. Apesar de universos diferentes, a experiência que adquiri no Beach Soccer está me ajudando muito. O Horizonte é um clube com uma estrutura muito boa, a nossa base (tanto o Sub-17, como o Sub-20) é muito forte, e vem despertando interesse em clubes grandes do Nordeste e até da Europa. Penso em voos altos aqui, quero deixar o Horizonte em destaque a nível nacional. A pandemia adiou muitos projetos que tínhamos, mas voltaremos mais fortes e com o objetivo de classificar o time para a Copa do Brasil. Nestes tempos de pandemia eu tenho usado muito a internet para divulgar meu trabalho e ajudar pessoas que tenham interesse na gestão do futebol e nas grandes histórias que esse esporte nos proporciona. Criei um canal no YouTube e no Instagram, onde realizo lives e falo abertamente sobre diversos assuntos, convidando sempre alguém de destaque no meio – concluiu.

Veja também:

Veja os cuidados do São Paulo contra a COVID-19

Lance!

  • separator
  • 0
  • comentários