fbpx

Quedas de raios deixam ao menos 107 mortos no norte da Índia – Notícias – R7 Internacional

Quedas de raios deixam ao menos 107 mortos no norte da Índia   Notícias   R7 Internacional

Quedas de raios deixam ao menos 107 mortos no norte da Índia Notícias R7 Internacional

Raios causaram dezenas de mortes no norte da Índia

Raios causaram dezenas de mortes no norte da Índia

Pixabay

Pelo menos 107 pessoas morreram nesta quinta-feira (25) devido à queda de raios em vários estados no norte da Índia, em tempestades acompanhadas de chuvas fortes, que também afetaram outras regiões com o início das monções.

Do total, 83 mortes causadas pelas descargas atmosféricas ocorreram durante todo o dia em 23 distritos  no estado de Bihar. O mais afetado foi Gopalganj, localizado no noroeste da região, com 13 óbitos, segundo comunicado do Departamento de Gestão de Desastres do estado. Outras 24 mortes aconteceram em Uttar Pradesh, o estado mais populoso do país.

Leia também: Índia diz que China violou acordos ao enviar tropas para fronteira

“A morte de 83 pessoas em diferentes distritos do estado devido aos relâmpagos é trágica. Foi ordenada uma compensação de 400 mil rupias (R$ 28,3 mil) a cada uma das famílias dos mortos”, declarou o governador de Bihar, Nitish Kumar, pelo Twitter.

Veja também

O chefe de governo pediu à população para permanecer alerta em caso de mau tempo e seguir os conselhos emitidos pelas autoridades de gestão de desastres, de acordo com uma declaração emitida por seu gabinete. “Quando o tempo estiver ruim, fique em casa, fique seguro”, disse Kumar.

Temporada de tempestades

As tempestades fazem parte da chegada das chuvas das monções na Índia e ocorrem de junho a setembro, quando o subcontinente recebe 70% da precipitação anual, o que muitas vezes leva a enchentes e outros desastres naturais.

O Departamento de Meteorologia da Índia já previu fortes tempestades em Bihar e em outros estados do norte e nordeste do país, que se deslocarão para outras regiões do leste do território nacional nos próximos dias.