fbpx

Sistema vai alertar polícia se há medida protetiva contra agressor – Notícias – R7 Minas Gerais

Sistema vai alertar polícia se há medida protetiva contra agressor   Notícias   R7 Minas Gerais

Sistema vai alertar polícia se há medida protetiva contra agressor Notícias R7 Minas Gerais

imagem24-06-2020-23-06-33

Reprodução/Record TV

Uma parceria entre a Polícia Civil e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais vai facilitar o enfrentamento à violência doméstica. Uma integração entre os sistemas dos dois órgãos permite que policiais pesquisem o nome de um determinado suspeito e verifiquem, durante uma abordagem, se há alguma medida protetiva contrária a ele, prevista na Lei Maria da Penha. 

De acordo com o delegado Breno Carvalho, essa medida pode, inclusive, dar mais embasamento para que a Polícia Civil possa pedir a prisão do homem.  

— Quando ocorre isso, o delegado pode autuar o autor em flagrante. Nesse sistema está todo o histórico daquele autor ou suspeito e, com isso, o delegado tem mais elementos e até segurança para solicitar a prisão temporária, se for o caso.

A integração dos sistemas também vai dar mais agilidade à polícia. 

— Ou o acesso era pontual e manual no sistema do TJ para certificar que havia a medida ou não, ou era preciso fazer diligência ao fórum ou à vara específica para tentar conseguir levantar se a medida estava válida ou não. Isso demorava tempo e, na urgência, em caso de flagrante, muitas vezes o suspeito era liberado, justamente pela ausência de informação.  

A consulta a essas informações, agora, será feita em um sistema da Polícia Civil dentro das delegacias.

— Todos os policiais civis do Estado poderão ter acesso ao sistema, o que não impede que outros órgãos também venham a ter.