fbpx

Por volta, Palmeiras cita "rígido protocolo de segurança": saiba detalhes

Por volta, Palmeiras cita "rígido protocolo de segurança": saiba detalhes

Por volta, Palmeiras cita "rígido protocolo de segurança": saiba detalhes

O Palmeiras, longe da Academia de Futebol desde março, marcou para terça-feira uma série de avaliações de seu elenco. Para enfim retornar ao centro de treinamento, diante da pandemia de covid-19, o clube alviverde citou a elaboração de um “rígido protocolo de segurança”.

saiba mais

As diretrizes foram compiladas em um manual de boas práticas criado pelo Núcleo de Saúde e Performance do Palmeiras junto a profissionais do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Sírio Libanês. A ideia é mitigar o risco de contaminação e oferecer o máximo de segurança na Academia de Futebol.

Na chegada ao centro de treinamento, todos terão a temperatura corporal aferida e responderão a um questionário. Caso apresente febre ou algum sintoma de gripe, o profissional será orientado a retornar à residência e comunicar o médico do clube para averiguação.

Com atividades individualizadas e ao ar livre, os 30 jogadores serão divididos em duas turmas, que se apresentarão em períodos alternados e serão subdivididas em três grupos de cinco atletas. Com a utilização dos três campos do centro de treinamento, o clube prevê que cada jogador tenha 20 metros de distância para o outro.

Os vestiários não serão utilizados e os jogadores serão responsáveis pelo próprio uniforme e equipamentos. Eles terão acessórios de suplementação, nutrição e hidratação individuais e serão orientados a, logo após o término das atividades, seguirem diretamente para suas residências.

Somente profissionais considerados essenciais para as atividades serão admitidos no centro de treinando e o uso de máscara será obrigatório a todo o momento (exceto aos atletas durante os testes físicos). Também não haverá presença de imprensa, com a divulgação das atividades sendo feita pelo clube por meio de seus canais oficiais.

A rotina de limpeza das instalações terá maior frequência nos ambientes com circulação de pessoas e dispensadores de álcool em gel estarão disponíveis em todos os ambientes. Além dos atletas, os testes para covid-19 serão realizados regularmente nos membros da comissão técnica e demais colaboradores.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

  • separator
  • 0
  • comentários