fbpx

Em live do 'Arraiá do Belo', web brinca: 'Olha o pagamento do Denílson! É mentira!'

Em live do 'Arraiá do Belo', web brinca: 'Olha o pagamento do Denílson! É mentira!'

Em live do 'Arraiá do Belo', web brinca: 'Olha o pagamento do Denílson! É mentira!'

O cantor Belo realizou uma live especial de São João no YouTube e animou os fãs na noite deste sábado. Em meio ao ‘Arraiá do Belo’, no entanto, internautas não esqueceram da dívida com o ex-jogador Denílson e cobraram o pagamento nos comentários. Nas redes sociais não faltaram brincadeiras com a dívida no clima de festa junina. Foi a segunda live de Belo durante a pandemia do novo coronavírus. Em abril, o cantor já havia feito uma live no YouTube e, assim como desta vez, não faltaram brincadeiras sobre a dívida com Denílson. O cantor deve cerca de R$ 5 milhões ao ex-jogador.

Belo deve cerca de R$ 5 milhões para o ex jogador Denílson (Foto: Reprodução) Belo deve cerca de R$ 5 milhões para o ex-jogador Denílson (Foto: Reprodução) Foto: Lance!

saiba mais

Vai começar a live arraiá do Belo, estamos prontos.Olha o pagamento do Denilson👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏É mentira 😥😥😥😥😥😥

— Pagode Anos 90 (@pagodeanos90) June 20, 2020

Em março, Belo revelou ao blog do colunista Leo Dias e que iria sanar a dívida com o ex-jogador em 2020. Na conversa, o cantor revelou que uma das razões da demora para quitar o débito é porque a dívida não é somente dele e tem outra parte envolvida no imbróglio. Entenda o casoNa década de 1990, Belo e Denílson eram amigos e esta amizade acabou se transformando em parceria comercial. Em 1998, o ex-jogador comprou os direitos da banda de pagode Soweto, que tinha o cantor como vocalista. Na época, a banda despontava no cenário nacional. Após a saída de Belo do Soweto em 2000, Denílson, então detentor dos direitos da banda, acionou a Justiça, alegando contra o cantor por quebra de contrato, danos morais e outros prejuízos. A defesa de Belo alegou que o cantor nunca reconheceu Denílson como detentor dos direitos e que o mesmo não recebeu no período aportes financeiros do ex-jogador.Após quatro anos de tramitação do processo, o TJSP deu ganho de causa ao Denílson, condenando Belo a pagar R$ 388 mil na época. Como o valor não foi quitado até agora, a quantia chegou a passar dos R$ 5 milhões com as devidas correções. Em 2017, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) determinou o bloqueio e penhora de R$ 4.770.811,83 do cantor Belo, em ação a favor do ex-jogador Denílson.

Veja também:

DIÁRIO L! DA COPA DE 70: a véspera da finalíssima da Copa de 70

Lance!

  • separator
  • 0
  • comentários